Site da USP

Informações Acadêmicas

EXAME DE QUALIFICAÇÃO:

O Exame de Qualificação é exigido tanto no Mestrado quanto no curso de Doutorado e Doutorado Direto (alunos matriculados na Resolução nº 7493, de 13/06/2019 – verificar na ficha de aluno JANUS em qual Resolução está matriculado)

A inscrição no exame de qualificação é de responsabilidade do estudante e deverá ser feita dentro do prazo máximo estabelecido pelo programa neste Regulamento, conforme itens VII.1.1, VII.2.1 e VII.3.1.

O exame deverá ser realização no máximo 90(noventa) dias após a inscrição. O estudante de pós-graduação que não realizar o exame no período previsto para seu curso será desligado do programa, conforme Regimento de Pós-graduação da USP.

a) Mestrado: inscrição num período máximo de 12 meses após a sua matrícula e ter completado no mínimo 10 créditos em disciplinas;

b) Doutorado e Doutorado Direto: inscrição num período máximo de 18 meses após a sua matrícula e ter completado no mínimo 10 créditos em disciplina;

Para a inscrição: o aluno deverá consultar datas de reuniões da CCP (considerando competências estabelecidas à CCP) e entregar na secretaria do programa a documentação exigida com no máximo 1 mês de antecedência ao seu prazo regimental (Janus)

Mestrado, Doutorado ou Doutorado Direto:

  • Parecer do orientador comprovando a fase do projeto e descrição de atividades realizadas durante o curso e resultados do seu projeto;
  • Formulário com sugestão da comissão examinadora, tanto para ME, DO e DD (formulário no link acima)  será elaborada pelo orientador com sugestão de nomes para Comissão Examinadora conforme a exigência do Regulamento em que o aluno está matriculado; Após a aprovação, a secretaria informará a comissão aprovada para agendamento do exame;
  • O orientador e o eventual coorientador não poderão fazer parte da comissão examinadora;

O exame de qualificação deverá ser realizado no máximo 60 dias após a inscrição. O aluno que não realizar o exame de qualificação no período previsto será desligado do programa, conforme item V do artigo 52 do Regimento de Pós-graduação da USP. O objetivo do exame de qualificação é avaliar a maturidade didático-científica do aluno e os progressos obtidos.

Formas de apresentação:

O exame consistirá de exposição oral de, no máximo, 30 minutos sobre o andamento do projeto com resultados parciais;

Cada membro da Comissão Examinadora terá até 20 minutos para arguir o candidato, que contará com o mesmo tempo para resposta.  Será considerado aprovado no exame de qualificação o aluno que obtiver aprovação da maioria dos membros da comissão examinadora.

 

ENTREGA DA VERSÃO DEFINITIVA (DEPÓSITO) (Mestrado, Doutorado e Doutorado Direto)

Os documentos deverão ser entregues na secretaria do Programa de acordo com o calendário da CCP

  • Formulário de depósito (clique aqui) – verifique seu regimento para baixar o formulário
  • Sugestão de banca
  • parecer do orientador referente ao trabalho informando que o candidato está apto para defesa (salvar no CD em arquivo separado);
  • Comprovante de submissão do artigo em revista com Qualis (salvar no CD em arquivo separado);
  • 1 exemplares impressos em capa dura, sendo a para a Biblioteca, para alunos matriculados no Regimento nº 6542. Para alunos matriculados no regimento nº 7493 não é necessário a entrega; Obs.: É obrigatória a menção do apoio financeiro da CAPES no trabalho de TODOS os alunos (bolsistas ou não).
  • Normas para compor a sugestão de Comissão Julgadora (conforme abaixo)

Diretrizes para sugestão de nomes para composição de Comissão Julgadora de Dissertação ou Tese.

Conforme §3º do Art. 89 do Regimento da Pós-Graduação da USP:

– É vedada a participação, na comissão julgadora de dissertação ou tese, de cônjuge, de parente em linha direta ou colateral até quarto grau do aluno, do orientador e dos demais membros da referida comissão, assim como membros que possuam qualquer relação percebida como impeditiva de uma avaliação isenta.

Ainda o Art. 35 (ítem XXVII) diz que compete à CCP propor à CPG, ouvido o orientador, a composição da comissão julgadora de defesa de dissertação ou tese”,

Com o intuito de garantir uma avaliação isenta e construtiva afim de mantermos a qualidade de excelência na Pós-Graduação da FMRP, salientamos a importância do papel da CCP/orientador neste processo e recomendamos que sejam evitados nomes de avaliadores com as seguintes características:

1) Que tenha sido orientado ou orientador/supervisor do orientador da tese ou dissertação em análise nos últimos 5 anos;

2) Que faça parte do mesmo grupo de pesquisa ou seja colaborador direto no trabalho de tese/dissertação a ser julgado;

3) Que seja autor ou co-autor com o aluno ou orientador de artigos científicos de forma regular nos últimos 5 anos (mais de um artigo ao ano em associação), excetuando-se estudos multicêntricos e grandes consórcios de pesquisa.

4) Que seja pesquisador em associação com o orientador em projeto temático ou colabore em projeto individual vinculado a agência de fomento ou da iniciativa privada. Esta diretriz não é válida para estudos multicêntricos e grandes consórcios de pesquisa.

obs:  membros indicados a banca que estejam com seus currículos Lattes desatualizados e que não se enquadrem nas normas da CPG, serão excluídos.

Recomenda-se ainda que os nomes dos indicados para comporem a comissão julgadora tenham “Curriculum Lattes” (é a única fonte de informações que os relatores de
banca tem acesso para verificar os conflitos de interesse e a adequação das composições de banca). O lattes deverá estar atualizado em período menor que 6 meses.